da Divisão para a Unidade,
o Sentido da Vida.

Nascemos “divididos”, num Mundo dividido.
Entre o Passado e o Futuro, das Trevas-para-Luz.

Entre o não-saber e o Saber-quem-Somos,
presos nas memórias sombrias inconscientes,
libertos pela Consciência dessas memórias…

Viajantes no Espaço e no Tempo,
na nossa “nave Cósmica” que é a Terra.
Condicionados por medos redutores
mas guiados pela Sabedoria dos Astros
rumo a um Futuro mais Livre, mais abrangente,
e melhor!

Maria Flávia de Monsaraz

Leave a comment